Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

De regresso a casa...a esta (minha) casa

Foram alguns anos sem escrever, aqui claro, na verdade tenho escrito mas fora daqui.
Mas esta é também a minha casa, e voltar ao que é nosso é bom.
Tinha saudades vossas!


Mensagens recentes

Lados

Ha sempre dois lados em cada história.
Um dos mais desafiantes sentidos da nossa personalidade (para quem a tem) é sermos capazes de nos colocar do outro lado.
Pode ser algo demorado.
Pode demorar o tempo de sabermos a historia tal como ela é.
Sem rodeios.
Sem espinhas.
Depois é so tirarmos as nossas conclusoes.

Fácil....

« É tão fácil não gostar. Não querer. Não correr. Permanecer naquilo que já conhecemos. Que não nos surpreende. Saber de cor os dias. e ter as noites controladas. Ter o passo seguinte traçado e o caminho meio rabiscado. É tão simples prescindir e não lutar. É tão fácil querer viver no vazio. É simples esquecer sentir. Optar não tentar.

É tão parvo não gostar quando se gosta. É idiota não querer quando se quer. É estúpido não arriscar. É triste o medo ganhar.

É pequenino não querer ser grande. ».

Rita Leston

Ecos em palavras

Não me envergonho deste amor pela escrita.
Não tenho porque o fazer sequer...sou assumida em tudo o que faço e gosto, temos pena!
Com o lançamento e publicação do meu livro aprendi que nunca é tarde para as nossas vontades serem satisfeitas.
Era uma vontade com 8 anos e meio, na verdade o livro estava escrito desde 2006, mas foi ficando lá por casa, espalhado entre móveis e pc´s.
Ia escrevendo à medida da minha vontade.
Se estivesse junto do pc escrevia mais um e outro parágrafo do que já estava escrito, mas se estivesse sem acesso ao pc escrevia em papéis, guardanapos de papel, post-it´s....sempre que me ocorria qualquer coisa que pudesse acrescentar mais sentido a tantas letras...
Nunca reli o que ia escrevendo, sentia o eco das palavras assim que as idealizava em papel.
Pouco ou nada me importo com o que pensam sobre o que lêem, da mesma maneira que pouco ou nada me importo com o que pensam a meu respeito.
Julgamentos e opiniões não são problema meu mas de outras pessoas.
Eu sei q…

Yes i love

And about you....do you love who you love?

É isto minha gente....só isto!

Para tudo há receitas, ou linhas indicativas, ou caminhos a seguir.
Costurar os nossos objetivos.
Desatar nós, aquilo que nos incapacita, porque depois de termos os nós desatados vemos que tudo era simples, fácil.
Acreditar em nós acima de tudo e de todos.
Valorizamo-nos.
Permitirmo-nos às lufadas de alegrias, que são tantas!
Agradecer a quem nos quer mal, afinal só é invejado quem é superior, inteligente, independente. Pormos em pratica tudo isto de forma assim....serena e bem resolvida com a vida!
D-i-a-r-i-a-m-e-n-t-e!!!!

Sentes não sentes?

Se soubesses a falta que me fazes...
Sabes não sabes?
Sentes daí não sentes?
Assim como sabes o quanto me orgulhava de ti, da tua garra e coragem para enfrentar aquelas névoas todas, estavas sempre com "aquela" determinação só tua, mesmo quando por dentro tinhas aquelas dúvidas e medos e...
Continuo a sonhar contigo, connosco, com a tua gargalhada, com o teu abraço, com a tua mão a apertar a minha, passávamos horas de mão dada enquanto conversávamos ou caminhávamos.
Tantos dias sem ti, por vezes julgo que isto é tudo mentira, que não passou de um pesadelo daqueles que cortam a respiração, e que estás cá, junto de mim.
Daqui até aí onde sei que estás em paz...um enorme sorriso cheio de estrelas.
Adoro tu....sempre!